Bem-vindo. Hoje é Terça-feira, 29 de Julho de 2014
Notícias
Atualizado em: 02/01/2014 às 23:29
"Rei da cachaça" leva vida de milionário
Antônio Rodrigues, morador de Salinas, é um dos maiores exportadores da bebida

Antônio Rodrigues não consegue andar nas ruas de Salinas, no norte de Minas, sem ser reconhecido pelos moradores. Alguns o chamam de Toni, o homem que sempre anda com um galho de louro na cabeça. Entre os salinenses, no entanto, ele foi apelidado de o "Rei da Cachaça". Rodrigues é um dos maiores milionários do ramo de bebidas e não economiza dinheiro para ostentar suas extravagâncias Com 40 mil habitantes, Salinas seria só outra município do interior mineiro, se não fosse famosa por ser a capital mundial da cachaça. Só nos comércios locais, são vendidas cerca de 60 marcas da bebida. O ramo é tão elementar que as principais praças do cidade são decoradas com um engenho de cana e até garrafas gigantes de cachaça Rodrigues administra três das marcas mais vendidas de cachaça do País: Seleta, Saliboa e Boazinha. Com os lucros na faixa dos milhões de reais, ele gosta de investir nos seus hábitos peculiares e em pequenos luxos. Quem pensa que o homem tem um sorriso engraçado precisa ver de perto que são, na verdade, 25 dentes de puro ouro  As fábricas do empresário produzem cerca de 1 milhão de litros de cachaça por ano e a bebida é exportada para países como China e Estados Unidos. Antes de ser milionário, em 1964, "Toni" viu a oportunidade de virar um cachaceiro com o antigo sogro:

— O pai dela mexia com cachaça. Ele levou um caminhão de cachaça para Montes Claros e trouxe cinco sacos de 60kg em dinheiro. Ficou duas semanas contando dinheiro. Eu falei "esse é um bom negócio" Outro hábito do "Rei da Cachaça" são os chapéus excêntricos que gosta de usar. No total, ele já coleciona cerca de 102 peças. Ele conta que não teria a fama que tem se não fosse pelo visual excêntrico: As roupas são rigorosamente escolhidas por regras que o próprio Rodrigues criou para si. Em três dias da semana, por exemplo, ele só pode sair pelas ruas de Salinas vestido completamente de branco. — Toda segunda, quarta e sexta, eu saio de branco. Camisa simples, sapato, cueca, meia, tudo branco — Se eu não tivesse essa diferença das pessoas comuns, eu não estaria aqui hoje. É gostoso ser diferente e ter as coisas diferentes para ser mais valorizado O milionário da cachaça também é reconhecido pelo seu amor pelos animais. No entanto, as pessoas podem ter um pouco de receio em conhecer seu animal de estimação. A jiboia Catarina, de acordo com o próprio dono, é amigável e carinhosa Rodrigues também tem um grande apreço pelos animais que cuida em sua fazenda. Além de um raro casal de búfalos, ele diz saber o nome de todos as éguas e cavalos que já comprou:

— A mais velha de todas é Andorina. Tem Gaivota, Divina, Garota e Primavera. Os cavalos chamam "Sua Mãe" e "Seu Irmão"



Fonte: Da redação/noticias.r7

"Rei da cachaça" leva vida de milionário - Visionário MT
© 2014 Revista Visionário MT Todos direitos reservados